Governo vai investigar reajuste irregular de remédios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 23 de novembro de 2001 as 15:06, por: cdb

Estudos preliminares da Secretaria-executiva da Câmara de Medicamentos (Camed) indicaram que o reajuste foi maior do que o autorizado.
Representantes da Casa Civil e dos ministérios da Fazenda, Justiça e Saúde, que integram a Camed, vão decidir qual será a forma de investigação e as possibilidades de abertura de processo administrativo contra os laboratórios.
Se comprovado o aumento irregular, os laboratórios serão multados. A multa pode chegar a R$ 3 milhões.
O reajuste dos medicamentos concedidos no mês passado, foi autorizado de forma extraordinária por causa da alta do dólar acumulada desde o início deste ano.
Os novos valores já estariam sendo divulgados pelas revistas de preços consultadas nas farmácias.