Governo promove encontro com lideranças indígenas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 3 de janeiro de 2004 as 21:01, por: cdb

O governo federal promove no final do mês, de 27 a 29, em Brasília, um encontro com lideranças indígenas para discutir políticas a serem adotadas pela União para atender as aldeias. Os índios criticam a falta de ações ao longo do primeiro ano do governo Lula. Um dos pontos contestados é a falta de demarcação de áreas, que, em Mato Grosso do Sul, gera conflitos sérios envolvendo os terena e guarani e fazendeiros.

O administrador da Funai (Fundação Nacional do Índio) em Campo Grande, Márcio Justino, disse desconhecer o encontro. Segundo ele, paralela a esta iniciativa do governo, há uma articulação de povos indígenas de vários estados para promover um encontro e avaliar as ações governamentais. Ele cita o Estatuto do índio, ‘engavetado há cerca de 10 anos’, e que já estaria defasado em alguns pontos.

Conforme a Folha, um dos pontos de discussão do encontro promovido pelo governo será a redefinição do papel da Funai. O ministro Luiz Dulci (Secretaria Geral da Presidência), que agendou o evento, recebeu documento defendendo que o órgão fique ligado a uma secretaria especial, com status de ministério e cobrando a nomeação de indígenas qualificados para o cargo de chefias de postos, administrações regionais, assessoria técnica e presidência da Funai.

Os indígenas vão cobrar um plano emergencial para solução de conflitos em terras, combate à violência e punição dos culpados pelos crimes no último ano, quando 25 índios foram mortos.