GOVERNO MEXICANO NEGA QUE 160 MIL EMPRESAS TENHAM SIDO FECHADAS

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de abril de 2012 as 13:56, por: cdb

CIDADE DO MÉXICO, 5 ABR (ANSA) – O Ministério de Economia do México rechaçou hoje afirmações de empresário sobre o fechamento de 160 mil empresas no país no ano passado devido a onda de violência que assola a região.
   
O órgão rechaçou “categoricamente” a informação, que considerou “sem fundamentos” e divulgou que as cifras “parecem desproporcionais”. Segundo o ministério, em 2009, seis empresas fecharam no país enquanto sete novas foram abertas.
   
O presidente da Confederação Patronal da República Mexicana (Coparmex), Alberto Espinosa, ainda disse ontem, durante uma entrevista à imprensa local, que cerca de 24 milhões de viajantes das zonas fronteiriças preferiram não se hospedar no país.
   
Cálculo que também foi refutado pelo Ministério do Turismo, que anunciou que somente em fevereiro deste ano, o ingresso de turistas dos Estados Unidos aumentou em 4,3% e do Canadá em 5,8%. (ANSA)