Governo informal meu e de Lula: pura invenção

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de agosto de 2011 as 09:50, por: cdb

A acusação infundada, repetida com maior ou menor intensidade, acompanha-me desde que deixei o governo, a chefia da Casa Civil em junho de 2005. E acompanha o ex-presidente Lula desde que ele transmitiu o cargo à presidente Dilma Rousseff no dia 1º de janeiro deste ano. Em relação a mim os ataques cresceram esta semana na medida em que a VEJA faz todo um arrazoado vazio e infundado quanto a essa questão.

Essa história de governo informal nosso é pura invenção. Quando a acusação é feita em relação ao ex-presidente Lula, por exemplo, é preciso atentar para o fato de que todos os ex-presidentes da República fazem política – dois dos ex-presidentes brasileiros, José Sarney e Fernando Collor de Mello, até com mandato no Congresso Nacional.

E o que faz o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso? Política o tempo tod. Muitas vezes até política partidária. O que o distingue do ex-presidente Lula é que ele está na oposição. Se seu partido o PSDB estivesse no poder, faria o mesmo que o ex-presidente Lula: política em defesa do governo e do seu partido que apoiaria este governo.

Sem contar o fato de que todos sabem da clara distinção feita por nossa mídia: para ela, o ex-presidente tucano FHC pode tudo e nada dele é criticado; já o ex-presidente Lula não pode nada e qualquer que seja seu comportamento ele sempre será criticado.