Governo estuda a criação de uma rede de TVs públicas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2007 as 16:12, por: cdb

O governo federal analisa a possibilidade de criação de uma rede nacional de TVs públicas, afirmou na terça-feira o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Dulci. A secretaria comandada por Dulci é responsável pela Secretaria de Comunicação (Secom), que perdeu status de ministério após a saída de Luiz Gushiken.

A rede não teria como objetivo divulgar ações de governo. Segundo Dulci, o objetivo seria levar a todo o país temas de interesse da sociedade.

– As ações do governo falam por si. O objetivo da TV pública é mesmo prestar um serviço público. Tratar daqueles temas que são importantes para a sociedade, que interessam a milhões de pessoas e que nem sempre são tratados pelas TVs privadas -, afirmou.

– Quase todas as grandes democracias têm TVs públicas fortes, com peso, cumprindo um papel específico que as redes privadas não cumprem -, destacou o ministro.

O tema, segundo ele, foi tratado em reunião no Palácio do Planalto segunda-feira com o ministro Hélio Costa. E voltará a ser discutido em nova reunião, semana que vem, com a presença de diversos ministros.

A idéia, segundo Dulci, é que a TV pública alcance todo o território nacional. Uma possibilidade defendida pelo ministro é dar dimensão nacional a um sistema já existente, hoje integrado pela Radiobrás, que cobre 30% do território nacional.