Governo enviará reforma tributária ao Congresso em fevereiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de dezembro de 2007 as 20:52, por: cdb

A proposta de reforma tributária será enviada ao Congresso em fevereiro, disse nesta quarta-feira, o ministro da Secretaria de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro. Segundo o ministro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou a informação durante reunião da equipe de coordenação política.

Segundo Múcio, Lula quer enviar a matéria logo no início do ano legislativo para que o Congresso tenha tempo de analisar a proposta, pois, no próximo ano haverá eleições para prefeitos e vereadores.

— Não é uma matéria fácil de ser votada. Há algumas legislaturas se fala nessa reforma. Em todas as campanhas, fala-se nessa e em outras reformas, mas todas as vezes que vamos tentar modificar o que está estabelecido, há um grau de dificuldade —, disse o ministro.

Múcio acrescentou ainda que a reforma vai depender do Legislativo.

— Vai caber ao Congresso o desafio de, verdadeiramente, fazer a reforma [tributária] em 2008 ou não —, avaliou.

Sobre a escolha do novo ministro de Minas e Energia e dos cargos de segundo escalão no ministério, Múcio disse que a questão será resolvida em janeiro.

— Com relação ao novo ministro de Minas e Energia, isso não depende de nós, é uma decisão do presidente da República. A responsabilidade sobre o segundo escalão ficou com alguns ministros que vão tentar resolver a questão no início de janeiro —, afirmou.

A vaga do Ministério de Minas e Energia pertence ao PMDB e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou isso ao presidente do partido, Michel Temer, em reunião no Palácio do Planalto no último dia 19, segundo o líder do partido no Senado, Valdir Raupp (RO). O nome mais cotado para o ministério é o do senador Edson Lobão (MA), mas ele ainda não foi confirmado para o cargo.