Governo do Iraque decide banir TV árabe

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de novembro de 2003 as 15:51, por: cdb

O governo interino do Iraque apontado pelos Estados Unidos baniu do país a televisão árabe Al-Arabiya.

O escritório da empresa, que tem sede em Dubai, nos Emirados Árabes, teve o seu escritório em Bagdá fechado.

O Conselho de Governo iraquiano acusou a rede de TV de incitar assassinatos por meio da divulgação de chamados de Saddam Hussein.

No dia 16 de novembro, a televisão colocou no ar uma suposta gravação do antigo líder iraquiano na qual ele pedia para que a população reagisse contra a ocupação americana.

O banimento da Al-Arabiya coincide com a destruição de parte de um importante gasoduto norte do Iraque.

O incêndio provocado pela explosão foi tão grande que as chamas iluminaram os céus de Kirkuk, a 30 km de distância.

O ataque deverá provocar interrupção na produção da maior refinaria de petróleo do Iraque, disse um funcionário iraquiano.

A direção da empresa petrolífera North Oil Company, baseada em Kirkuk, disse à AFP que um explosivo causou um incêndio na tubulação da refinaria.