Governo da Venezuela rebate relatório americano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 14 de setembro de 2004 as 02:10, por: cdb

O governo venezuelano rebateu, nesta segunda-feira o relatório dos Estados Unidos, publicado na semana passada,  de que a Venezuela não coopera suficientemente na luta contra o tráfico de pessoas. O vice-ministro das Relações Exteriores, Arévalo Méndez, disse que:

— O relatório evidencia uma clara, doentia e reiteirada intencionalidade política.

O vice-chanceler acrescentou que o problema do tráfico de pessoas afeta todos os países do mundo, inclusive os EUA. Ele acrescentou que, se falasse de números, o governo americano não apresentaria uma face exatamente limpa.

Méndez disse que os sites que utilizam menores de idade para pornografia nos EUA são mais de dez mil.

— As regiões do mundo com os piores números de prostituição são Flórida e Califórnia, acrescentou.

— Reconhecemos que temos um problema, mas nem na natureza nem na magnitude que o governo do senhor Bush aponta.

Méndez afirmou que Bush não conhece a realidade sobre a qual os relatórios de governo se baseiam porque permanece isolado pelo grupo de assessores que os elaboram com uma ‘clara intencionalidade política’.