Governadores do Nordeste se reúnem em Maceió

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de fevereiro de 2003 as 19:02, por: cdb

O governador Ronaldo Lessa (PSB) reúne amanhã os governadores dos Estados do Nordeste, no Palácio Marechal Floriano Peixoto, em Maceió. O objetivo é discutir as reformas e construir uma agenda única para a região. Dos noves governadores nordestinos, cinco confirmaram presença – Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe e Alagoas -, três vão enviar seus vices (Maranhão, Pernambuco e Bahia) e um (Piauí) não disse se vem ou se manda representante.

A reunião começa às 9h, com discussão das reformas tributária e previdenciária. Segundo Lessa, o encontro vai servir para sistematizar um documento a ser entregue ao presidente Lula, na reunião com os governadores brasileiros, na Granja do Torto, em Brasília.

Quando esteve em Natal e Fortaleza, para o lançamento do projeto “Alagoas de Corpo e Alma”, Lessa apresentou a idéia de rearticulação dos Estados do Nordeste, no sentido da construção de políticas que fortaleçam os interesses da região.

Sudene

A iniciativa de Lessa ocorre num momento em que presidente Lula adota gestões para a reativação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O governador tem dito que o Nordeste deve deixar de ser mero pagador de imposto e participar ativamente do processo de desenvolvimento, repelindo a guerra fiscal e defendendo junto ao governo federal a implantação de políticas que resgatem a lógica federativa. Ele acredita na possibilidade de implementação de medidas unificadas, como ações em defesa do turismo da região.

Em recente encontro com o governador de Sergipe, João Alves (PFL), Lessa referiu-se ao desenvolvimento sustentável como instrumento de inclusão social e equilíbrio entre as unidades federadas. “O presidente Lula está defendendo a evolução da piscicultura e Alagoas possui grande potencial hídrico”, disse. “Somando-se a Sergipe, esta região pode evoluir como grande pólo produtor de alimentos, a partir da água”, completou Lessa, acrescentando que no final do encontro será redigido um documento, com as propostas comuns dos Estados do Nordeste.