Governadora do Rio divulga nomes de seu secretariado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de dezembro de 2002 as 11:35, por: cdb

A governadora eleita do Rio, Rosângela Matheus, (PSB) anunciou nesta quinta-feira, oficialmente, a composição de seu secretariado. Muitos estiveram na equipe do marido de Rosângela, o ex-governador Anthony Garotinho, que governou o Estado de janeiro de 1999 até abril de 2002. Apenas um nome não foi anunciado, o da Secretaria de Administração do Sistema Penitenciário, pasta criada pela governadora eleita.

O coronel Josias Quintal, deputado federal eleito pelo PSB, voltará a comandar a Secretaria da Segurança Pública. Sob suas ordens ele terá novamente o delegado Álvaro Lins como chefe de Polícia Civil, cargo que ele já ocupou. A novidade nessa área é a nomeação do coronel Renato Hortz para o comando da PM. Outro que retorna ao governo no mesmo cargo é o novo secretário da Saúde, Gilson Cantarino. Wagner Victer será novamente secretário de Energia, Indústria Naval e Petróleo. Já Tito Ryff volta para o Desenvolvimento Econômico e Sérgio Zveiter para a Secretaria da Justiça e Cidadania.

Ex-secretário de Controle e da Fazenda, Fernando Lopes estará uma vez mais à frente da Secretaria de Controle. Fernando William, que foi secretário de Governo, volta na Educação. Para os Transportes, o nomeado foi Augusto Ariston, também ex-secretário. Francisco Carvalho, o Chiquinho da Mangueira, que presidiu a Suderj, agora foi nomeado secretário extraordinário de Esportes e Lazer. A Integração Governamental será dirigida por Luiz Rogério Magalhães, ex-secretário da Agricultura. João Luiz Duboc Pinaud, ex-secretário da Justiça e Direitos Humanos, estará na Corregedoria Geral Unificada.

O vice-governador eleito, Luiz Paulo Conde, que é arquiteto, ocupará a Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. Fernando Peregrino será o titular da Ciência e Tecnologia. Darcília Leite é a nova secretária da Educação e Helena Severo, a da Cultura. O secretário da Fazendo será Mário Tinoco. Para a Defesa Civil, Rosinha nomeou o coronel Carlos Alberto de Carvalho. Uzias Mocoté ficou com o Desenvolvimento da Baixada Fluminense.

Para a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior, o escolhido foi Cristhino Áureo. Jaime Cardoso ocupará a Secretaria de Governo. A Secretaria do Trabalho ficou com Marco Antônio Lucidi, a de Administração, com Vanice Lírio do Valle, e o Gabinete Civil com Francesco Comte. O procurador-geral do Estado será Sérgio Neves.