Governador Sergio Cabral e prefeito Sandro Matos lançam o programa Renda Melhor

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 as 15:16, por: cdb

Subsecretaria de Imprensa

Governador Sergio Cabral e prefeito Sandro Matos lançam o programa Renda Melhor

O governador Sergio Cabral esteve nesta quarta-feira (8) em São João de Meriti para lançar, junto com o prefeito Sandro Matos, o programa Renda Melhor. O evento aconteceu no Ciep 135-Afonso Henriques de Lima Barreto, no bairro José Bonifácio, com a presença de centenas de famílias que já recebem benefícios sociais no município. Cerca de 14.400 famílias já foram selecionadas para fazer parte do programa e já a partir de março começam a receber os pagamentos. O governo estadual vai liberar recursos no montante de R$ 1.300 milhões ao mês para os pagamentos e cada família receberá em média R$ 87 mensais. Para fazer parte do programa as famílias já cadastradas no Bolsa Família, devem provar que sobrevivem com renda inferior a R$ 100 por mês e terão direito a benefícios que variam de R$ 30 a R$ 300. O Renda Melhor foi elaborado pela Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e integra o Plano de Erradicação da Pobreza Extrema no Estado do Rio de Janeiro, o Rio Sem Miséria. Serão investidos um total de 1 bilhão de Reais até 2014 para erradicar a miséria em todo o estado. A intenção é levar o Renda Melhor para 51 cidades já no primeiro semestre. Os pagamentos do Bolsa Família e do Renda Melhor serão efetuados através do mesmo cartão que unirá os dois programas. O Rio de Janeiro foi o primeiro estado a fazer parceria com o governo federal e complementar a renda dos beneficiários do Bolsa Família, de R$ 120. O Brasil Sem Miséria é um programa federal lançado ano passado que tem como meta tirar 16 milhões de pessoas da extrema pobreza até 2014. O Brasil é o país que mais tem reduzido as desigualdades sociais. O programa vai aplicar recursos num total de R$ 200 milhões em 2012, gerando ações que visam diminuir a desigualdade social, aumentando a renda dos menos favorecidos. O prefeito Sandro Matos chegou a solenidade acompanhado pelo governador Sergio Cabral , e, após participarem de uma entrega simbólica de cartões a cinco famílias carentes, discursaram rapidamente sobre outros temas importantes, já que fazia bastante calor. O prefeito afirmou que a união entre a prefeitura e o governo estadual vai trazer grandes transformações para São João de Meriti. “O governador acabou de liberar 28 milhões de reais para término das obras na nossa cidade”, anunciou. O governador Sergio Cabral, falando de modo descontraído, fez promessas de nova UPA 24 horas e inaugurar em 2013 um restaurante popular em Meriti, entre outros benefícios.
O Renda Melhor está sendo implantado aos poucos até atingir todo o estado, e, em São João de Meriti a expectativa é que mais de 15 mil famílias melhorem as suas condições de vida com o auxílio. O secretário municipal de Promoção Social, Geraldo Luiz Brinate, confirma a expectativa do município de erradicar a miséria extrema em que vive parte da população meritiense. “Vamos trabalhar juntos, de mãos dadas com o governo estadual no sentido de obter bons resultados com esse programa”, afirmou. A prefeitura anunciou a criação de mais dois CRAS para esse ano, já que caberá a ela, através da Secretaria de Promoção Social, gerenciar esse novo benefício e acompanhar o andamento do Renda Melhor. A porta de entrada para que qualquer cidadão receba algum tipo de benefício social é fazer parte do Cadastro Único, implantado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome. Em São João de Meriti, mais de 25 mil famílias estão inscritas e, destas, 21.900 já recebem o Bolsa Família. Lançado em maio deste ano, através de decreto de Sergio Cabral, o Renda Melhor já foi testado em outros municípios fluminenses obtendo as primeiras avaliações positivas, segundo fontes ligadas ao programa. Ainda este ano será votado pela Assembléia Legislativa , devendo ser sancionado imediatamente pelo governador.

Publicado em: 08/02/2012