Governador renuncia porque sua filha se envolveu em escândalo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 14 de julho de 2003 as 04:12, por: cdb

O governador da província de Saitama, vizinha de Tóquio, Yoshihiko Tsuchiya, renunciou, nesta segunda-feira, por causa de um escândalo de desvio de dinheiro envolvendo sua filha, informaram fontes oficiais.
 
Depois da detenção de sua filha Momoko Ichikawa, na quinta-feira passada, Tsuchiya garantiu não saber “absolutamente nada” sobre o caso, segundo o qual ela teria omitido 133 milhões de ienes (mais de um milhão de dólares) em doações ao político de 77 anos.

Os investigadores disseram que é possível, porém, que Tsuchiya soubesse que sua filha, de 53 anos, utilizou as doações entre 1998 e 2002 para cobrir perdas em negócios na Bolsa e financiar sua própria empresa de consultoria.

O escândalo surgiu durante uma investigação da procuradoria sobre a empresa de serviços de limpeza e restaurantes Duskin, com sede em Osaka, a segunda cidade do país, sob suspeitas de apropriação indevida de fundos.

Tsuchiya foi eleito governador de Saitama em 1992, após ter sido presidente da Câmara dos Deputados entre setembro de 1988 e outubro de 1991, e ter dirigido a Agência do Meio Ambiente.