Governador de SP promete punir PMs que deixaram de prestar socorro a suspeitos feridos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 26 de agosto de 2011 as 13:33, por: cdb

Da Agência Brasil

São Paulo – Os dois policiais militares que aparecem em um vídeo disponível no site YouTube ofendendo dois rapazes feridos e sem prestar socorro, serão punidos, disse hoje (26) o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

“Os fatos ocorreram no ano de 2008. Estamos apurando se já existia conhecimento sobre isso e não foram tomadas as devidas providências. Todos os envolvidos serão punidos severamente”, ressaltou o governador.

Nas imagens, os policiais ofendem e agridem dois rapazes acusados de roubar uma metalúrgica. O dono da empresa, que é guarda-civil metropolitano, foi quem atirou nos suspeitos, segundo a Corregedoria da Polícia Militar. Os jovens foram socorridos, mas um deles morreu três dias depois no Hospital de Sapopemba.

No final da tarde de ontem (25), a Corregedoria da Polícia Militar informou que identificou os dez PMs que participaram da ocorrência. De acordo com a corporação, o caso ocorreu no dia 9 de maio de 2008, no Parque São Rafael, na zona leste da capital.

Os PMs estão sendo interrogados desde ontem na corregedoria e vão permanecer no local até que seja esclarecida a participação de cada um no caso.

Edição: João Carlos Rodrigues