Goiás elimina o São Paulo no Morumbi

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de maio de 2003 as 22:47, por: cdb

O São Paulo apenas empatou com o Goiás por 1 x 1, nesta quinta-feira, no estádio do Morumbi, e viu o sonho de retornar à Copa Libertadores da América novamente frustrado ao ser eliminado nas quartas-de-final da Copa do Brasil.

Na primeira partida, as duas equipes também empataram, mas por 0 x 0. Pelo regulamento da competição, em caso de igualdade, o gol anotado fora de casa vale dobrado.

A desclassificação também fez o Estado não ter um representante nas semifinais do torneio pela primeira vez após nove anos. Isso não acontecia desde 1994, quando Grêmio (campeão), Ceará, Vasco e Linhares disputaram essa fase da competição.

Agora o Goiás irá enfrentar o Cruzeiro nas semifinais. Os mandantes do confronto serão conhecidos nesta sexta-feira. Sport e Flamengo fazem o outro jogo. Caíco e Luís Fabiano fizeram os gols da partida.

O resultado também aumentará ainda mais o mau momento vivido internamente pelo clube. Depois da demissão do técnico Oswaldo de Oliveira, o clima político ficou quente e o diretor de futebol Carlos Augusto de Barros e Silva foi substituído por Juvenal Juvêncio.

Além disso, o São Paulo está há onze dias sem técnico e sendo comandado pelo interino Roberto Rojas. Muitos nomes são comentados, mas os dirigentes estão encontrando muita dificuldade para encontrar um bom treinador disponível.

Jogo

Apesar de precisar da vitória para se classificar às semifinais da Copa do Brasil, o São Paulo começou o jogo ritmo lento no Morumbi. O time comandando pelo técnico-interno Roberto Rojas tocava a bola e esperava o Goiás se expor para tentar o ataque.

A equipe esmeraldina aproveitou essa postura para abrir o placar. Aos 16min, Josué invadiu a área são-paulina acompanhado pelo lateral-esquerdo Fabiano e caiu. O árbitro Márcio Rezende de Freitas marcou pênalti. Caíco cobrou no canto direito sem chances para Rogério Ceni.

O gol fez o panorama da partida mudar. O São Paulo agora precisava de dois tentos para seguir na competição e partiu para cima do Goiás. Os goianos, em vantagem, se fechavam atrás e tentavam aproveitar os contra-ataques.

O Tricolor Paulista encontrava muita dificuldade e quase não incomodava Harley. A primeira chance só aconteceu aos 32min. Kaká tocou para Luís Fabiano na intermediária. O atacante chutou cruzado, o goleiro largou e Reinaldo chegou tarde.

O lance acendeu o São Paulo, que pressionava. Aos 34min, Kaká, que havia acabado de perder boa chance de cabeça, fez boa jogada individual e tocou para Reinaldo. O camisa 11 são-paulino chutou forte, mas Harley defendeu novamente.

Na quarta chance seguida, aos 37min, o Tricolor Paulista conseguiu igualar o placar. Júlio Baptista fez jogada pelo lado direito e cruzou na área. Luís Fabiano aproveitou o espaço deixado pelo zagueiro Alexandre, que saiu machucado, e cabeceou sem chances para Harley.

A etapa final começou com o São Paulo novamente em ritmo lento. O Goiás aproveitou e atacava com perigo. Em duas falhas do setor defensivo tricolor, Araújo, aos 8min, e depois Dimba, aos 10min, quase marcaram o segundo do time esmeraldino.

O resultado interessa aos Goianos, mas eles continuavam melhores e perderam outra boa oportunidade aos 15min. Depois de dividida entre Lugano e Araújo, a bola sobrou para Danilo. O meia chutou forte de pé esquerdo para excelente defesa do goleiro são-paulino.

Aos 25min, o técnico-interino Roberto Rojas colocou o meia Souza no lugar do volante Júlio Baptista e partiu para o tudo ou nada.

Mais ofensivo, o São Paulo começou a criar boas chances de virar o placar, mas todas esbarravam no goleiro Harley. Apesar de tentar, o Tricolor Paulista não conseguiu marcar o segundo gol e saiu eliminado do estádio do Morumbi.

SÃO PAULO 1 x 1 GOIÁS

São Paulo
Rogério Ceni; Leonardo, Jean, Lugano e Fabiano; Adriano, Júlio Baptista (Souza), Ricardinho e Kaká; Reinaldo (Kléber) e Luís Fabiano
Técnico: Roberto Rojas (interino)

Goiás
Harley; Cléber, Fabão, Alexandre (Renato) e Leandro Smith;