Genoíno ironiza encontro entre Heloisa Helena e Brizola

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 27 de abril de 2003 as 14:19, por: cdb

O presidente do PT, José Genoíno, ironizou o encontro ocorrido na tarde deste domingo, no Rio, entre a senadora Heloisa Helena, de Alagoas, e o presidente do PDT, Leonel Brizola. O foco central da reunião são as reformas pretendidas pelo governo Lula.

– Eu acho que é um assunto pessoal da senadora, é um direito dela almoçar e se encontrar com quem quiser. Não posso opinar sobre isso, é uma escolha dela. Tomara que ela convença o Brizola a não ficar fazendo tanta crítica ao justo governo do presidente Lula – disse antes de fazer uma apresentação pró-reformas em reunião do diretório estadual do PT fluminense.

O objetivo do almoço entre a senadora e Brizola é articular uma união contra a reforma da Previdência. Ambos vão conceder uma entrevista coletiva pela tarde na porta do prédio onde mora o presidente do PDT, em Copacabana, na zona Sul do Rio de Janeiro.

– Nós vamos convencer a senadora Heloisa Helena. Vamos mostrar que uma senadora combativa não pode defender privilégios na Previdência -disse Genoíno. Ele disse também que o PT ainda não definiu se vai punir membros do partido que votarem contra as reformas. – Eu vou trabalhar para não ter voto contra, só posso falar isso (sobre possíveis punições) depois do que acontecer.

Genoíno disse que o partido vai trabalhar na linha do “convencimento, com fatos, argumentos e números” para garantir o apoio dos membros que resistem às propostas de reformas.

– Pode ter certeza que o PT votará unido. Nós gastamos saliva, lábia, argumento, temos um pouco de dor de cabeça, mas na reta final a gente vota junto – afirmou.