General que criticou a Comissão da Verdade está afastado das funções

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 as 11:04, por: cdb

O ato de exoneração do general Maynard Marques de Santa Rosa, assinado na noite passada pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, está publicado nesta quinta-feira na edição do Diário Oficial da União e oficializa o afastamento do militar do cargo de chefe do Departamento Geral de Pessoal do Exército. Ele foi exonerado por causa das críticas feitas à Comissão da Verdade criada pelo governo para apurar os crimes cometidos na ditadura.

Em nota divulgada na internet, o general de quatro estrelas e membro do Alto Comando do Exército disse que a comissão, uma das propostas do programa para esclarecer crimes contra os direitos humanos durante a ditadura militar (1964-1985), seria formada por “fanáticos” e viraria uma “comissão da calúnia”. Segundo o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o comandante do Exército, general Enzo Martins Peri, confirmou o fato e sugeriu a exoneração de Maynard Marques do cargo. Sugestão que foi encaminhado ao presidente Lula e imediatamente realizada.