Garotinho lista medidas de combate ao crime no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 24 de abril de 2003 as 12:49, por: cdb

O novo secretário de Segurança do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, listou as primeiras ações que deverá tomar no combate ao crime organizado. Entre elas, a reestruturação das delegacias especializada, o investimento em inteligência e a reativação do programa “Reservista da Paz”.

O programa, cancelado no governo de Benedita da Silva, permite que a Polícia Militar recrute jovens alistados e dispensados do serviço militar, para efetuar serviços administrativos e de limpeza nas delegacias, liberando assim mais policiais para policiamento externo.

Estima-se que, dos 40 mil homens da PM no Rio, 8 mil estejam em funções administrativas dentro dos quartéis.

Garotinho falou após reunião da Executiva Nacional do PSB, que continua reunida em Brasília. Ele ficou por cerca de uma hora e 30 minutos, deixando o local para se encontrar com o ministro Márcio Thomaz Bastos (Justiça).

O novo secretário descartou a hipótese de pedir mais recursos a União e afirmou que só pensará na possibilidade a partir da próxima segunda-feira, quando assume oficialmente o cargo.