Garotinho entrega 100 casas em Campos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de janeiro de 2005 as 10:11, por: cdb

O secretário de Governo e Coordenação, Anthony Garotinho, representando a governadora Rosinha Garotinho, e o secretário da Habitação, Fernando Avelino, inauguram nesta quarta-feira, às 11h, em Campos, na Região Norte Fluminense, 100 casas populares do Condomínio Parque Aldeia 2.

Essas são as primeiras 100 casas das mil que o governo do Estado contratou em 2004 para construir na cidade campista até 2006, dentro do programa Morar Feliz, da Secretaria de Habitação, e cinco serão destinadas a pessoas portadoras de deficiências físicas.

– Por determinação da governadora Rosinha Garotinho, sempre construímos acima da cota estabelecida pelo Estatuto da Cidade que é de 3% das unidades construídas. No caso de Campos, a associação que representa os portadores de deficiências da cidade é que indicou as cinco famílias – enfatizou Avelino.

O programa Morar Feliz prevê a construção de casas populares em todo o Estado – em 2004, foram 10.800 – para pessoas carentes. As unidades são vendidas a R$ 1 por mês, durante cinco anos, quando o título de propriedade, sempre que possível em nome da mulher, será entregue em definitivo. Além das casas, o Parque Aldeia terá centros de lazer, campo de futebol e quadras esportivas, entre outras instalações.

No dia 12 de janeiro de 2001, o então governador Anthony Garotinho entregou 400 casas no Parque Aldeia 1, no bairro Guarus, beneficiando duas mil pessoas. O conjunto foi destinado à população de Coroa, que vivia em condições precárias e área de risco.

O empreendimento, também do Programa Morar Feliz, custou ao governo do Estado R$ 3,9 milhões e teve as obras de infra-estrutura e urbanização executadas pela Prefeitura de Campos.
Garotinho lembrou, na ocasião, que o último conjunto habitacional construído em Campos fora na década de 70, pelo governo federal. Ainda na cidade campista, o então governador inaugurou, também em 2001, 300 casas no conjunto Eldorado, cujo investimento custou ao Estado R$ 3,2 milhões.

Em março de 2004, a governadora fez a entrega de outorga de títulos de propriedade a 591 famílias residentes nos conjuntos habitacionais Eldorado e Parque Aldeia 1 e inaugurou 93 casas do assentamento rural da Fazenda Santa Rita de Pau Funcho. O assentamento faz parte do Programa Comunidade Agrícola, projeto-piloto desenvolvido pela Secretaria de Agricultura em parceria com o Incra, iniciado no governo Garotinho e retomado por Rosinha.