Fuzileiros dos EUA deixam Bagdá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 19 de abril de 2003 as 12:05, por: cdb

Os fuzileiros navais norte-americanos que tomaram a maior parte de Bagdá no início deste mês começaram a sair da capital iraquiana no sábado, deixando o controle da cidade para unidades do Exército dos Estados Unidos, quando a missão militar muda do combate para o policiamento.

Dois batalhões, cerca de 1.600 marines, deixaram Bagdá no sábado em direção ao sul para uma área de reunião cerca de 40 quilômetros ao nordeste da cidade de Kerbala, disseram oficiais dos Marines.

“Algumas unidades saíram (de Bagdá) hoje”, disse o major Dan Smith do 1o. Batalhão de Tanques dos Marines dos Estados Unidos, acrescentando que eles iriam continuar com as tarefas similares às que começaram em Bagdá.

“É basicamente a construção da nação, providenciando segurança, assegurando (o suprimento de) água, eletricidade, instalações sanitárias e que todo esse tipo de coisa esteja funcionando”, disse ele à Reuters no leste de Bagdá.

“Eles vão se encontrar com a liderança local e começar a levantar os governos locais, ou facilitar os governos que podem já estar lá.”

A mudança dos marines faz parte de um plano para reorganizar o padrão das forças dos EUA no Iraque. Tropas da 3a. Divisão de Infantaria do Exército continuarão em Bagdá, enquanto a 4a. Divisão de Infantaria cobrirá a parte norte do país.