Fuzil banhado a ouro é encontrado na bagagem de soldado dos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 19 de abril de 2003 as 09:01, por: cdb

Um fuzil Kalashnikov AK 47, banhado a ouro, pertencente ao arsenal do deposto presidente iraquiano Saddam Hussein ou de algum de seus homens de confiança, foi um “troféu de guerra” apreendido com um soldado dos Estados Unidos, no aeroporto de Heathrow, em Londres (Grã-Bretanha).

A arma, que segundo o jornal Daily Mirror estava escondida nas bagagens do militar juntamente com um lança-granadas – arma geralmente usada por milicianos iraquianos – e seis baionetas, tinha feito escala no Kuwait.

O soldado havia declarado as armas como “equipamento de informática”. De acordo com o militar, a arma seria vendida nos Estados Unidos.

Presentear os mais fiéis seguidores com armas banhadas a ouro era um dos hábitos do ditador iraquiano. Prova disso é que muitas delas foram encontradas pelas forças militares anglo-americanas nos palácios de Saddam e de seus filhos.