Furacão Irene segue pela Costa Leste dos EUA e NY se prepara

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 27 de agosto de 2011 as 18:12, por: cdb

Furacão Irene segue pela Costa Leste dos EUA e NY se preparaLegenda:Ondas se chocam com um quebra-mar, nos primeiros efeitos do furacão Irene em Ocean City, Maryland, Estados Unidos. (reuters_tickers)

Por Ned Barnett

MOREHEAD CITY, Estados Unidos (Reuters) – O furacão Irene segue pela costa leste dos Estados Unidos neste sábado em direção a Nova York, paralisando a cidade e levando milhares de americanos em busca de abrigo do furacão que já paralisou o transporte.

“A tempestade está vindo”, disse o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, para as mais de 8 milhões de pessoas que vivem na cidade mais populosa dos Estados Unidos.

Bloomberg alertou a população de Nova York sobre a ameaça do furacão e apelou para que todos atendessem as ordens de evacuação.

“Este é um furacão, que se você estiver no local errado e na hora errada, pode ser fatal … É muito perigoso lá fora”, disse o prefeito em um de seus diversos apelos públicos. Ele pediu à população que permaneça em casa, para se proteger da queda de escombros, alagamentos e o risco provocado por linhas de energia derrubadas.

O furacão Irene atingiu a costa leste dos Estados Unidos neste sábado enfraquecido, mas ainda uma perigosa tempestade que levou a interrupções no sistema de transporte em Nova York e ameaça provocar blecautes e alagamentos.

Desde as Carolinas ao Maine, dezenas de milhares de pessoas estão no caminho do gigante de 839 km, que provocou mais de 17 polegadas de chuva em algumas partes na área costeira da Carolina do Norte.

O olho da tempestade cruzou a costa da Carolina do Norte perto de Cape Lookout por volta das 7h30 horário local (8h30 horário de Brasília), afirmaram meteorologistas do US National Hurricane Center.

Nova York fechou aeroportos e das estações de metrô, parte do sistema de transporte público pelo qual circulam 8,5 milhões de pessoas por dia durante a semana. Aos passageiros restou buscar táxis nas ruas quase desertas.

“Estamos tentando chegar a Boston e isso não deve acontecer. Estamos presos aqui”, disse Rachel Karten perto de um terminal de ônibus em Nova YoYorkkr também praticamente vazio.

Milhares de pessoas tiveram de atender às ordens para evacuar a costa leste norte-americana.

O Irene está percorrendo uma rota sentido norte-nordeste ao longo da costa norte-americana e deve continuar sendo considerado um furacão enquanto atinge Estados do país na noite deste sábado e também no domingo.

Com ventos de 140 quilômetros por hora, Irene enfraqueceu para um furacão de categoria 1 na escala de intensidade de 1 a 5 de Saffir-Simpson. Apesar disso, meteorologistas alertam que o fenômeno continua sendo uma tempestade grande e perigosa.

O Irene está percorrendo uma rota sentido norte-nordeste ao longo da costa norte-americana e deve continuar sendo considerado um furacão enquanto atinge Estados do país na noite deste sábado e também no domingo.

A prefeitura de Nova York decretou retirada de moradores em escala sem precedentes enquanto Estados desde as Carolinas ao Maine declararam estado de emergência por causa do furacão, cuja largura de 960 quilômetros ameaça uma região habitada por dezenas de milhões de pessoas.

No início do dia, na costa da Carolina do Norte, os ventos cortaram linhas de energia e derrubaram árvores, enquanto a chuva caía com força inundando algumas ruas. Na cidade portuária de Wilmington, na Carolina do Norte, as ruas estavam vazias e o ar estava tomado pelo som de pinheiros sendo quebrados pela força dos ventos.

A Progress Energy, empresa de eletricidade local, projetou que 125 mil clientes na costa da Carolina do Norte estão sem energia.

Pelo menos seis mortes foram registradas na Carolina do Norte, Virgínia e Flórida. Milhares de pessoas estão sendo retiradas da costa leste dos Estados Unidos.

Um jovem morreu em Newport News, na Virginia, após uma árvore cair sobre sua casa, reportou a mídia local.

Pelo menos três pessoas também morreram na Carolina do Norte –um homem foi atingido por uma árvore e outro foi levado pelas águas e se afogou. Um outro morreu de ataque cardíaco enquanto deixava sua casa, disse o governador Bev Perdue.

Um jovem morreu em Newport News, na Virginia, após uma árvore cair sobre sua casa, reportou a mídia local.

Pelo menos três pessoas também morreram na Carolina do Norte –um homem foi atingido por uma árvore e outro foi levado pelas águas e se afogou. Um outro morreu de ataque cardíaco enquanto deixava sua casa, disse o governador Bev Perdue.

O presidente Barack Obama cortou suas férias em Vineyard em um dia. Em Washington, ele participou de uma teleconferência com os encarregados dos serviços emergenciais, que informaram que equipes canadenses estavam sendo chamadas para ajudar a restaurar a energia em Vermon, onde se prevê que todos os rios locais poderão alagar.

Reuters