Furacão bate o Juventude por 2 a 0

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 11 de maio de 2003 as 18:27, por: cdb

Poderia ter sido uma goleada, mas o Atlético-PR não encontrou dificuldade para vencer o Juventude na tarde deste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, por 2 a 0. O placar foi construído ainda no primeiro tempo, com dois gols de Ilan, destaque do jogo.

O primeiro tempo foi completamente dominado pelo time da casa. Com muitos chances desperdiçadas, o volume de jogo do Atlético-PR dava impressão de que o time do Juventude sairia de Curitiba com uma goleada histórica.

Com a vantagem de dois gols e sem dificuldade para jogar, o Atlético-PR se acomodou e, apesar da vitória, saiu de campo vaiado pela torcida.

A partida começou morna, com poucas oportunidades. As melhores chances aconteceram para o Atlético-PR que, apesar de não marcar, dominava o jogo.

Aos 14min, entretanto, Ivan cruzou na cabeça de Ilan. O atacante subiu de cabeça e tocou a bola no canto esquerdo de Maurício para abrir o placar.

Aos 23min, Alessandro tocou para Kleberson. Ele arrancou e tocou para Dagoberto chutar forte, à queima-roupa. Maurício, bem colocado, salvou o time do Rio Grande do Sul de levar o segundo gol.

Dois minutos depois, Ilan recebeu bola e partiu para jogada individual. O atacante driblou um e tocou na saída do goleiro do Juventude para ampliar a vantagem do time paranaense. O Atlético-PR ainda reclamou de pênalti não marcado em cima de Kleberson, aos 35min.

O rubro-negro não dava espaço para o adversário. Aos 37min, em nova jogada do trio Alessandro, Dagoberto e Ilan, a equipe do Paraná quase chegou ao terceiro gol. Alessandro abriu para Dagoberto que chutou forte para a área. Ilan não conseguiu alcançar a bola.

O segundo tempo começou quente. Logo aos 3min, Luciano Santos cobrou falta e a bola desviou no zagueiro adversário antes de bater na trave. Na sequência Maurício Fernandes perdeu a cabeça e foi expulso.

Atrás do marcador e com um jogador a menos, o Juventude partiu para o tudo ou nada. Gustavo, aos 21min, quase descontou para o time gaúcho. Ele recebeu a bola e chutou colocado. A bola passou à direita do goleiro Diego, aniversariante do dia.

O Atlético-PR caiu de produção e passou a errar muitos passes, irritando a torcida presente à Arena da Baixada. Mesmo assim, a equipe conseguiu segurar o resultado e garantir os três pontos.

ATLÉTICO-PR 2 X 0 JUVENTUDE

Local:Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-RJ)
Auxiliares: Manoel Couto Pires (RJ) e Marco Venício Sá Freire (RJ)
Cartões amarelos: Mineiro, Filipe Alvim, Alessandro, Rodrigo Pontes, Capone
Cartão vermelho: Maurício Fernandes (J)
Gols: Ilan, aos 14min e aos 25min do primeiro tempo.

Atlético-PR
Diego; Alessandro, Capone, Rogério Corrêa e Ivan; Leomar, Luciano Santos, Kleberson e Adriano; Ilan (Carlinhos) e Dagoberto (Fernando)
Técnico: Vadão

Juventude
Maurício; Rodrigo Pontes, Renato e Filipe Alvim; Mineiro, Fernando, Maurício Fernades, Camazzola e Rafael (Caíbe); Marcelo e João Paulo (Gelder)
Técnico: Cristóvão Borges