Fundador da Parmalat é investigado por fraude

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de dezembro de 2003 as 09:12, por: cdb

O fundador da multinacional italiana Parmalat, Calisto Tanzi, está sendo investigado por fraude depois que a empresa admitiu um rombo de quase US$ 5 bilhões em suas finanças.

Tanzi renunciou na semana passada como diretor da companhia que emprega mais de 35 mil pessoas em 30 países. Atualmente o governo italiano e diretores da empresa se reunirão para discutir o futuro da Parmalat.