Fundação Casa atende reivindicações e trabalhadores encerram estado de greve

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 12:14, por: cdb

Fundação Casa atende reivindicações e trabalhadores encerram estado de greve

Por: Redação da Rede Brasil Atual

Publicado em 26/03/2012, 15:06

Última atualização às 15:06

Tweet

São Paulo – Emassembleia geral realizada no último sábado (24) os trabalhadoresda Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente(Fundação Casa) aceitaram a contraproposta apresentada pelainstituição às reivindicações da categoria e saíram do estadode greve em que permaneciam desde o dia 17 de março.

Naúltima semana, os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores emEntidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e àFamília do Estado de São Paulo (Sitraemfa) e a direção daFundação Casa tiveram rodadas de reuniões na Secretaria dePlanejamento do Estado, sede da Fundação, e Ministério Público doTrabalho e avançaram nas negociações dos itens econômicos dacampanha salarial.

Emrelação aos reajustes salariais, foram assegurados os seguintesíndices: 12% para os cargos de agente de apoio administrativo,socioeducativo e operacional; 8% para os cargos educacionais; 10%para os analistas técnicos/ professor de educação física epedagogos, e 4,60% para os demais trabalhadores. A Fundação tambémaceitou a redução da jornada de trabalho dos psicólogos e técnicosda área da saúde de 40 para 30 horas semanais.

JoãoFaustino, diretor de Comunicação da entidade, considerasatisfatórios os resultados dessa primeira etapa de negociações eafirma que o objetivo agora é dar continuidade às reuniões paradiscutir os itens sociais da pauta dos trabalhadores. “Queremosdebater a construção de um plano de carreira para acabar com asdefasagens entre cargos e salários”. 

Nãoexiste um calendário dos encontros com a Fundação, mas Faustinoacredita que já nas próximas semanas sejam iniciadas as discussõesdos itens sociais. O Sintraemfa representa 12 mil trabalhadores nabase.