Funcionários da ONU são retirados de região entre Kuwait e Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de março de 2003 as 08:18, por: cdb

A missão de observadores das Nações Unidas (Unikom) está retirando, nesta segunda-feira, os últimos funcionários que mantinha ao longo da zona desmilitarizada entre o Iraque e o Kuwait.

Daljeet Bagga, um porta-voz da missão, disse que o status de alerta foi elevado para “nível 4” devido à iminência de uma ação militar contra o Iraque, o que determina o fim das operações.

Os funcionários estão sendo reunidos na sede da missão, no lado kuwaitiano da fronteira, a fim de seguir viagem para a Cidade do Kuwait.

No início deste mês, a Unikom já havia retirado a maioria de seus funcionários civis da área, que tem 200 quilômetros de extensão.

A Unikom foi estabelecida em 1991 para monitorar a zona desmilitarizada, “impedir violações de fronteira e relatar qualquer ação hostil”, de acordo com as Nações Unidas.

A missão registrou recentemente atividades militares dos Estados Unidos na região. Cerca de 100 mil militares norte-americanos estão estacionados no Kuwait.