Fumaça e cinzas do Etna são vistas do espaço

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de agosto de 2001 as 14:06, por: cdb

A fumaça e as cinzas lançadas no céu pela erupção do Monte Etna, na ilha italiana de Sicília, podem ser claramente vistas do espaço, afirmou Yury Usachev, o comandante russo da Estação Espacial Internacional (EEI), que captou imagens digitais do fenômeno, em 22 de julho passado.

Do módulo Alpha da EEI, Usachev e sua equipe podem ver uma gigantesca coluna escura subindo na atmosfera, contrastando com o azul da Terra.

A EEI está em órbita a uma altitude de 385 quilômetros sobre o planeta, de acordo com o site na Internet Human Spaceflight, da Nasa – a agência espacial dos Estados Unidos.

O vulcão mais ativo na Europa vem emitindo fumaça e cinzas sobre o leste da Sicília desde 18 de julho. A lava que o Etna expele está se deslocando na direção sul.

A erupção já causou prejuízos de três milhões de dólares, incluindo perdas nos setores turístico e agrícola da ilha, de acordo com estimativas do governo local.

O Monte Etna, de 3.310 metros de altitude, entra em atividade com intervalos de poucos meses. Antes desta, a última grande erupção havia ocorrido em 1992.