Francesa começa travessia do Pacífico em barco a remo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de janeiro de 2005 as 15:07, por: cdb

A primeira mulher a tentar cruzar o Oceano Pacífico, de oeste para leste, em um barco a remo, partiu do porto de Callao, no Peru.

A jornada, iniciada na noite de quarta-feira, deverá ser concluída na Polinésia.

– Eu sei que vou ter diversos problemas, há grandes tempestades e solidão – disse a francesa Maud Fontenoy, de 27 anos, antes de iniciar sua viagem de 8.000 quilômetros, prevista para durar cinco meses.

Com seu barco Oceor, Fontenoy pretende seguir a rota do explorador norueguês Thor Heyerdahl, realizada em 1947.

Heyerdahl e sua equipe cruzaram o Pacífico em uma balsa chamada Kon-Tiki, para tentar provar que as ilhas do Pacífico Sul podem ter sido colonizadas a partir do oriente.

Sozinha Fontenoy espera completar sua viagem sem o apoio de outras embarcações, embora um navio da Marinha do Peru tenha acompanhado seu barco durante a primeira noite de viagem para ajudá-la a evitar um encontro com grandes navios cargueiros e piratas na costa sul-americana.

Todos os artigos essenciais para a viagem estão armazenados em seu bote, inclusive um telefone via satélite, para que ela possa manter contato com sua família e amigos, equipamento para dessalinização da água, sistema de navegação por satélite e equipamento de sinalização caso ela tenha algum problema.

Apesar das precauções, as distâncias que Fontenoy está cobrindo são grandes e pode levar dez dias para que alguma equipe de resgate chegue até seu barco a remo.
Em 2003, Fontenoy remou do Canadá até a Espanha – uma viagem que levou quase quatro meses.