Frade deve prestar depoimento sobre morte de colega

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 1 de setembro de 2003 as 00:00, por: cdb

Nesta segunda-feira, será interrogado em Goiana (PE), frei Nalfram Modesto, do convento Nossa Senhora do Carmo. O frade dividia o quarto com o frei Luciano Santos de Andrade, encontrado morto na manhã de quinta-feira, no pátio interno do convento.

Para o delegado Artur Tito, que investiga o caso, a possibilidade de acidente é remota. O frei Nalfram Modesto estava de férias em Belo Horizonte e, quando soube da morte do companheiro de quarto, voltou a Goiana para o funeral.

O delegado já ouviu pessoas que tinham ligações com a vítima, entre elas a servente Maria José, o sacristão Ednaldo Liberato, o professor de pintura do frei, José da Silva, e um fiel conhecido por Walter.