Fóssil revela ultima refeição de um Pássaro há 100 milhões de anos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 26 de julho de 2002 as 13:15, por: cdb

Um pássaro do tamanho de um peru, que habitava a Terra há ais de 100 milhões de anos, tornou-se, agora, uma importante pista
para paleontólogos, sobre a maneira como os animais viveram e
evoluíram.O fóssil desta nova espécie, a Jeholornis prima, foi descoberto no ano passado na região de Liaoning, no nordeste da China
“O pássaro tem aproximadamente o tamanho de um perú eesqueleto inteiro mede 75 centímetros, mas, com as penas na cauda, provavelmente se aproximava de um metro”, explicou Zhonghe Zhou, da
Academia Chinesa de Ciências.
A descoberta de Zhou foi descrita na edição desta semana da revista britânica “Nature”.
Com entre 110 e 125 milhões de anos, o fóssil é intrigante por causa das sementes encontradas em seu estômago. Estavam intactas e, por sso, os paleontólogos acreditam que eram engolidas por inteiro, sem serem quebradas em pedaços menores.
“Ele nos dá um quadro excelente da ecologia, não apenas sobre os pássaros e outros dinossauros, mas também sobre os mamíferos, lagartos, plantas e insetos”.