Fortes explosões são ouvidas em Bagdá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de dezembro de 2003 as 23:15, por: cdb

Fortes e contínuas explosões sacudiram esta noite uma região ao sudoeste de Bagdá, as mais intensas escutadas nas últimas semanas. Junto às detonações, a fria noite de Bagdá também se viu alterada pelo estrondo de helicópteros, sobretudo nas proximidades da área de al-Dura, um setor industrial que no passado foi palco de ataques da resistência.

Fontes militares americanas na capital iraquiana indicaram que a ação, na qual “se utilizam elementos aéreos”, faz parte da operação “Justiça de Ferro”, lançada há um mês para desmantelar as células de insurgentes que ainda resistem no país.

A operação se tinha centrado até o momento no denominado “triângulo iraquiano”, uma zona de floresta no norte da capital convertida no principal palco dos ataques contra as tropas de ocupação.

A contundência da operação se intensificou depois da captura do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein no passado 13 de dezembro perto de Tikrit, sua cidade natal e coração da resistência.

Conseguida sua detenção, os soldados americanos perseguem a sombra do número dois do regime derrocado, Ezzat Ibrahim, a quem se lhe responsabiliza de organizar os ataques contra as forças de ocupação.

O comando americano anunciou hoje a captura de quatro homens que presumivelmente colaboravam com Ibrahim, um deles perto da cidade setentrional de Mossul, outra das mais conflituosas.

As explosões desta terça-feira em Bagdá rompem uma semana de relativa calma, na qual apenas se registraram ataques, em um dos quais, no mais sangrento, morreram na segunda-feira dois soldados dos Estados Unidos e seu motorista iraquiano.