Forças iranianas confrontam manifestantes, diz testemunha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 18 de setembro de 2009 as 11:57, por: cdb

As forças iranianas de segurança entraram em confronto na sexta-feira com seguidores do líder oposicionista Mirhossein Mousavi, prendendo pelo menos dez deles, segundo uma testemunha. O incidente durante uma manifestação numa data anual dedicada a criticar Israel.

O ex-presidente Mohammad Khatami, um reformista, participou da manifestação, mas foi atacado por radicais e deixou o local depois de ter sua túnica rasgada e seu turbante derrubado, segundo relato feito à Reuters por um simpatizante que o acompanhava.

A agência estatal de notícias Irna disse que Mousavi e o clérigo reformista Mehdi Karoubi, ambos candidatos derrotados na eleição presidencial de junho, também tiveram de deixar as manifestações depois de serem atacados por “pessoas iradas”.

A oposição diz que houve fraude na eleição presidente de junho, que reelegeu o presidente Mahmoud Ahmadinejad. As manifestações que se seguiram representaram a pior crise na República Islâmica em seus 30 anos de existência, revelando profundas divisões dentro do
regime.

– As forças de segurança acabaram de prender dez pessoas –  disse a testemunha.

– Elas estão empurrando os manifestantes e batendo neles – completou.

Testemunhas disseram que outros confrontos entre policias e seguidores de Mousavi aconteceram durante manifestações na zona norte de Teerã. Essas fontes disseram que a polícia usou gás lacrimogêneo e prendeu algumas pessoas.