FMI projeta para o Brasil inflação de 14%

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 10 de abril de 2003 as 09:34, por: cdb

O Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentou, nesta quarta-feira, sua projeção de inflação para o Brasil em 2003: 14 por cento, ou seja, o índice mais alto entre os já previstos por diversas instituições no país e no exterior.

A informação, divulgada pela Agência Zap, consta do relatório “Perspectiva Econômica Mundial”, em que o FMI detalha projeções para a economia global, incluindo a brasileira.

O Banco Central havia projetado uma inflação de 10,8 por cento e o mercado financeiro brasileiro, de 12,2 por cento.

Para 2004, o FMI trabalha com uma taxa de 5,5 por cento, idêntica à do Banco Central e inferior aos 8 por cento projetados pelo mercado financeiro.

Diante das disparidades em relação às projeções dos demais órgãos para este ano, o FMI explicou que a estimativa de 14 por cento é de inflação média no ano. Já o BC e o mercado consideraram a inflação de dezembro sobre o mesmo mês no ano anterior.

Em relação às contas externas, o FMI estima um déficit de conta corrente de apenas 1,5 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) este ano e de 2,3 por cento em 2004.

A meta ajustada de inflação, divulgada no mês passado pelo governo brasileiro, é de 8,5 por cento – uma revisão para cima da meta máxima de 6,5 por cento estabelecida pelo FMI.