FMI acena com cenário ainda mais trágico para a América Latina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 31 de outubro de 2001 as 18:44, por: cdb

O Banco Mundial e o FMI divulgaram um relatório sombrio sobre a economia dos países em desenvolvimento. Segundo o banco, a situação é dramática. Os atentados terroristas de 11 de setembro tiveram um efeito fatal sobre a economia. Causarão a morte de mais 20.000 a 40.000 crianças e levarão mais 10 milhões de pessoas à absoluta pobreza,no próximo ano, diz o relatório.

A recuperação econômica deve acontecer somente a partir do próximo ano. Tendo em vista a próxima rodada de negociações da Organização Mundial do Comércio (OMC), o Banco Mundial pede aos países ricos que removam suas barreiras comerciais e abram seus mercados aos produtos agrícolas dos países pobres.

Essa é a primeira vez, desde 1982, que a economia dos Estados Unidos, Europa e Japão recua ao mesmo tempo. Com isso, o comércio mundial irá crescer apenas 1% em 2001, depois de ter aumentado 13% no ano passado.

Segundo o banco, é preciso, também, tomar amplas medidas nos setores da saúde, emprego e comunicações, fomentar a troca de conhecimentos sobre a agricultura e investir mais nas regiões afetadas pela fome.