Fluminense vence o Rubro-negro do Piauí

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de março de 2003 as 22:47, por: cdb

Após um mal primeiro tempo, o Fluminense reagiu e venceu o Flamengo-PI, por 2 x 1, pela Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, no Estádio Albertão, em Teresina. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, no Maracanã, e o Tricolor pode até perder por 1 x 0 para se classificar às oitavas-de-final. Caso o resultado se repita em favor da equipe piauiense, a decisão será nos pênaltis.

O primeiro tempo teve como destaque o péssimo nível técnico do time rubro-negro e a apatia da equipe tricolor. E foi o time da casa que criou a primeira chance de gol, com um chute de fora da área de Diogo Maia, que acabou saindo por cima do travessão.

O time das Laranjeiras, talvez desanimado pela perda do título carioca, não levou perigo ao gol de Palmielli uma única vez. Já o Flamengo, apesar de jogar muito mal, teve a chance de abrir o marcador aos 31 min, quando Henrique ficou cara a cara com Kléber e chutou no alto, mas o goleiro mandou a bola para escanteio.

No intervalo, o técnico Renato Gaúcho foi para o vestiário prometendo mudar o panorama do jogo. “Toquei um despertador no ouvido dos jogadores. Aliás, um não, oito”, disse o treinador ao voltar para o campo.

O alarme do treinador surtiu efeito e, aos, 9min, o Tricolor conseguiu marcar o primeiro gol. Carlos Alberto tocou para Fábio Bala, que cruzou para Ademílson cabecear no canto esquerdo do goleiro Palmielli. Apenas cinco minutos depois, Alex Oliveira aumentou a vantagem, após toque de Jancarlos, da esquerda.

Com o resultado, o Fluminense se classificaria para a terceira fase da competição sem ter de disputar o jogo de volta, no Rio. Mas a alegria tricolor durou pouco, pois, aos 20 min, Zé Carlos fez pênalti em Sílvio, ex-Botafogo, que o converteu.

Assim, como o time das Laranjeiras, o Rubro-negro do Piauí melhorou na partida. Aos 32 min, o zagueiro Kleber chegou a fazer o segundo gol, anulado pelo juiz Marco Antônio Sampaio, que marcou falta do jogador em Rodolfo. Apesar da reação dos donos da casa, o placar se manteve até o apito final.

FLAMENGO-PI 1 x 2 FLUMINENSE

Flamengo-PI
Palmielli, Niel, Kleber, Serginho e Ribamar (Mardônio); Diogo Maia, Jó, Inha (Joniel) e Biro Biro; Henrique e Sílvio (Bambam)
Técnico: Paulo Moroni

Fluminense
Kléber, Jancarlos (Júnior César), Rodolfo, Zé Carlos e Jadílson; Marcão, Djair, Alex Oliveira (Fernando Diniz) e Carlos Alberto; Ademilson e Fábio Bala (Zada)
Técnico: Renato Gaúcho

Data: 26/3/2003 (quarta-feira)
Local: no Albertão, em Teresina
Juiz: Marco Antônio Sampaio (CE)
Cartões amarelos: Jancarlos, Zé Carlos (Fluminense) e Kleber (Flamengo-PI)
Gols: Ademílson, aos 9 min, Alex Oliveira, aos 14min, e Sílvio, aos 20min, do segundo tempo