Flu quer se classificar pela Copa do Brasil no tempo normal

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de março de 2003 as 13:33, por: cdb

O Fluminense precisa de um simples empate sem gols contra o seu “genérico” de Feira de Santana, na noite desta quarta-feira, para passar à segunda fase da Copa do Brasil. Mas, se a partida terminar com o mesmo placar do jogo de ida, 1 x 1, a classificação será disputada nos pênaltis. O goleiro Kléber diz que está preparado para essa eventualidade, mas a cabeça está em outra.

“Nem penso nisso, porque a gente não pode ficar se escorando nessa vantagem do regulamento. Se isso acontecer, estamos preparados, mas o pensamento não pode ser esse. O pensamento tem de ser a vitória. Dentro do Maracanã, temos que nos impor e espero que isso aconteça.”, afirmou Kléber nesta terça-feira à Rádio Brasil.

O goleiro, no entanto, não desmerece o adversário, que não chegou à fase final do Campeonato Baiano. “Até o Bahia ficou de fora da final do Baiano. Não dá mais para desrespeitar equipes de menor tradição”, afirmou, destacando a Copa do Brasil do ano passado, quando o Tricolor teve grandes dificuldades na primeira fase, contra o Juventude e acabou sendo desclassificado na segunda fase pelo Brasiliense.

Nos treinos desta terça, todo o time treinou cobranças de pênaltis, mas apenas Alex Oliveira, o cobrador oficial, Jadílson, Djair e Augusto converteram todas as três cobranças.