Flamengo tenta o terceiro título na temporada contra o San Lorenzo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de dezembro de 2001 as 02:02, por: cdb

San Lorenzo e Flamengo disputam nesta quarta-feira, às 22 horas, em Buenos Aires, o título da Copa Mercosul 2001. No primeiro jogo, no Maracanã, o time carioca apenas empatou sem gols. Desta forma, os comandados do técnico Carlos Alberto Torres conquistam a competição em caso de vitória. Outro empate leva a decisão para os pênaltis.

O Flamengo, apesar do quase rebaixamento no Campeonato Brasileiro, pode conquistar seu terceiro título no ano. No primeiro semestre, a equipe sagrou-se tricampeã carioca e, em seguida, venceu a Copa dos Campeões, garantindo uma das quatro vagas na Libertadores da América de 2002. A última vez que a equipe conseguiu vencer três torneios em um ano foi em 1981. Na ocasião, o time, comandado por Zico, venceu o Estadual, a Libertadores e a Copa Intercontinental.

Uma vitória também pode significar um alívio financeiro para o clube. O Flamengo é o “grande” clube do futebol brasileiro que mais deve à Receita Federal. Os jogadores também sentem a crise econômica do time, que não paga salários há dois meses. Se vencer, o Flamengo receberá mais 2 milhões de dólares, totalizando 4,6 milhões de dólares ao longo da competição sul-americana. O San Lorenzo passa por situação semelhante e recusou-se a dividir o prêmio final com os brasileiros.

Dentro de campo, a situação do Flamengo é complicada. Necessitando da vitória, o time não poderá contar com seu principal atacante, Edílson, expulso no jogo do Maracanã. Diante dessa complicação e para reforçar a marcação no meio-de-campo, Carlos Alberto Torres vai escalat três volantes: Rocha, Jorginho e Fábio Augusto. Beto será o apoiador e Petkovic, se tiver condições (o iugoslavo sentiu uma lesão na coxa esquerda na última partida), atuará ao lado de Roma na frente.

Pela equipe argentina, que também precisa da vitória para evitar a decisão por pênaltis, o técnico Manuel Pellegrini fará apenas uma alteração. O volante Zurita, com características mais defensivas, dará lugar à Pusineri.