Flamengo quer estrelas para 2003

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 17 de outubro de 2002 as 23:34, por: cdb

Com a posse do novo presidente, Hélio Ferraz, nesta quinta-feira à noite, o Flamengo começa a mudar. O vice-presidente de futebol Paulo Dantas, no seu primeiro dia de trabalho, prometeu um time repleto de estrelas para as competições de 2003.

“O Flamengo vai ter grandes astros ano que vem”, afirmou o cartola, sem citar nomes. Alguns jogadores cotados têm o vínculo federativo preso à Nike, empresa de material esportivo, como o paraguaio Cuevas, atacante do River Plate, e o argentino Ariel Montenegro, meia do Independiente.

Apesar do clima de velório que tomou conta do clube após a derrota para o Vasco, quarta-feira, que deixou o Flamengo na zona de rebaixamento, Paulo Dantas tentou manter otimismo: “A situação está difícil, mas temos que enfrentar os problemas com esperança de atingir o nosso objetivo”.

Além do novo vice de futebol, o Flamengo anunciou outros nomes para diversos cargos. Bernardo Amaral assumiu como diretor de futebol, enquanto toda a comissão técnica foi mantida, inclusive o supervisor José Eduardo Chimello, que estava cotado para deixar o clube.

Nas categorias de base, o Flamengo terá um superintendente administrativo, que será Jairo dos Santos, à frente de dois diretores que ainda não tiveram seus nomes divulgados pelo clube. Um deles será diretor técnico, com uma função
Mais de campo, e o outro um diretor administrativo.

Sendas ajuda o Fla

O empresário Arthur Sendas, vascaíno de coração, cedeu ao Flamengo um centro de lazer que o grupo Sendas possui em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O objetivo do Flamengo é usar o espaço como centro de futebol a partir de 2003.

O centro de lazer não é usado desde o início deste ano e o Grupo Sendas arcará com algumas reformas. O Flamengo utilizaria o local até o Ninho do Urubu, centro de treinamento que é o sonho de todas as diretorias do clube, mas que nunca se torna realidade, ficar pronto.