Fla x Vasco: duelo de gigantes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de fevereiro de 2003 as 17:47, por: cdb

Não é só a Passarela do Samba que será palco de desfiles neste sábado de Carnaval. A poucos metros da Marquês de Sapucaí, enquanto as escolas do Grupo de Acesso – a segunda divisão do samba carioca – estiverem se preparando para enfeitar o Sambódromo à noite, Vasco e Flamengo estarão desfilando seus craques na passarela da bola, o Maracanã, a partir das 16 horas.

Na agremiação rubro-negra o destaque é para a Ala dos Canhotos, formada por Athirson e Felipe. A dupla é a principal esperança do torcedor-folião do Flamengo para bater o rival e conquistar a Taça Guanabara. Um pouco mais atrás, no quesito importância para o time, vêm Fernando Baiano, artilheiro do Rubro-negro no Carioca, com cinco gols, ao lado de Athirson, e Zé Carlos, vice-artilheiro com quatro gols.

No Vasco, o carro abre-alas é encabeçado por Marcelinho, grande nome do time cruzmaltino nas últimas rodadas. Na Comissão de Frente, sem atrapalhar a harmonia, destacam-se Petkovic, Valdir e Marques, a novidade. Inativo há 35 dias devido a uma fratura no ombro direito, o atacante está confirmado para o clássico.

Na Ala dos Coadjuvantes, o Flamengo não terá o zagueiro André Bahia, suspenso pelo excesso de cartões amarelos. André Dias substitui o titular. O volante Jorginho, barrado pelo técnico Evaristo de Macedo na derrota para o Olaria, volta no lugar de Fabiano Cabral.

No Vasco, o lateral-esquerdo Edinho, também suspenso, dará lugar a Wellington, que é lateral-direito e atuará improvisado na posição – Siston acabou preterido pelo técnico Antônio Lopes. No ataque, Souza sai para a entrada de Marques.

As duas equipes estão lado a lado na liderança do campeonato, empatadas com 21 pontos, mas o time cruzmaltino leva vantagem no quesito saldo de gols – 12 x 6. Por isso, poderá empatar para ser campeão da Taça GB e, conseqüentemente, entrar nas semifinais com a vantagem de jogar por dois resultados iguais.

Embora pouco provável, o Americano ainda tem chances de estragar uma eventual festa do Vasco. Quinto colocado com 16 pontos, o time de Campos ainda tem dois jogos a disputar nessa primeira fase do Carioca – América, neste sábado, e Friburguense, Quarta-feira de Cinzas – e poderá atingir 22 pontos na tabela.

No caso de o clássico terminar empatado, Vasco e Flamengo atingiriam a mesma pontuação e o campeão seria decidido no saldo de gols. Como o time cruzmaltino tem 12 de saldo, restaria ao Americano, que tem três, fazer dez gols e não levar nenhum nos dois jogos que restam.

Como o campeonato é do Caixa D’Água, periga o Americano ganhar nota 10 em todos os quesitos.

VASCO x FLAMENGO

Data: 1º/3/2003 (sábado)
Local: estádio Maracanã
Horário: 16 horas
Juiz: Carlos Lopes Moreira
TV: Globo, ao vivo
Ingressos: Setores verde e amarelo a R$ 10; setor branco a R$ 15; cadeira comum a R$ 5; cadeira especial a R$ 50 e geral a R$ 3, nas bilheterias do estádio

Vasco
Fábio, Russo, Alex, Wellington Paulo e Wellington; Bruno Lazaroni, Henrique, Petkovic e Marcelinho; Marques e Valdir.
Técnico: Antônio Lopes

Flamengo
Júlio César, Alessandro, André Dias, Fernando e Athirson; Jorginho, André Gomes, Fábio Baiano e Felipe; Zé Carlos e Fernando Baiano
Técnico: Evaristo de Macedo