Fla ganha liminar na justiça contra a revelação do clube

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de maio de 2003 as 00:47, por: cdb

A Diretoria do Flamengo ganhou o primeiro round da luta com o atacante Nélio, da equipe de juniores, que pediu na Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro a liberação do passe alegando que está tendo cerceado o direito de exercer a profissão no futebol.

Em entrevistas recentes à imprensa, Nélio disse que foi preterido tecnicamente ano passado a partir da saída do técnico Lula Pereira do comando da equipe profissional do Flamengo. Lula havia promovido Nélio à equipe profissional durante a disputa do Campeonato Carioca de 2002, mas tão logo Lula saiu, Nélio voltou à equipe de juniores.

Os advogados de Nélio entraram com uma liminar na 45ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro pedindo a liberação do vínculo do atleta com o Flamengo. O Departamento Jurídico do Flamengo apresentou a defesa do Clube e a audiência foi na manhã desta quarta-feira, 30 de abril.

Na audiência, o juiz Elísio Correa de Moraes Neto deu ganho de causa ao Flamengo. O advogado Henrique Cláudio Maués , que representou o Flamengo na audiência, comentou:

– O dr. Elísio Correa aceitou as alegações e os argumentos jurídicos do Flamengo e acredito que, diante da sentença dada, negando as pretensões do atleta Nélio, será pouco provável uma revisão na sentença que nos foi favorável – disse o advogado do Flamengo .