Fischer elogia decisão do Iraque de destruir mísseis

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de fevereiro de 2003 as 20:59, por: cdb

O ministro das Relações Exteriores, Joschka Fischer, manifestou-se positivamente sobre a decisão de Bagdá de destruir os mísseis do tipo Al-Samoud-2. O político verde alemão declarou em Bruxelas que é preciso dar prosseguimento ao processo de desarmamento pacífico do Iraque.

O ministro da França, Dominique de Villepin, também classificou a decisão iraquiana como uma importante etapa no rumo do desarmamento por meios pacíficos. Os Estados Unidos, por sua vez, declararam não ter nenhum significado o fato de a liderança política em Bagdá ter cedido nesta questão. Os premiês Tony Blair, da Grã-Bretanha, e José María Aznar, da Espanha, também manifestaram ceticismo, ao se encontrar em Madri nesta sexta-feira.

O chefe dos inspetores da ONU, Hans Blix, havia dado um ultimato ao Iraque para começar a destruir os mísseis até 1º de março.