Fischer diz que OTAN irá ao Iraque quando houver governo iraquiano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de dezembro de 2003 as 18:06, por: cdb

O ministro alemão das Relações Exteriores, Joschka Fischer, disse nesta quinta-feira que antes de pensar numa intervenção da OTAN no Iraque, é preciso que esse país tenha um “legítimo governo” constituído por iraquianos.

As afirmações do ministro alemão parecem expressar mais uma vez as diferencias entre Alemanha e os Estados Unidos. Nesta quinta, o Secretário de Estado americano, Collin Powell, fez um apelo para que a OTAN tenha uma maior participação no Iraque.

“Nossa posição sobre Iraque é clara, não contribuiremos com tropas” disse o chefe da diplomacia alemã numa coletiva de imprensa no QG da OTAN em Bruxelas