Fim de semana tem várias opções culturais em Campinas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 5 de abril de 2012 as 12:57, por: cdb

Fim de semana tem várias opções culturais em Campinas

05/04/2012 – 15:49

  

Tiago de Souza

 

Os próximos dias serão de eventos culturais por várias regiões da cidade, já começando nesta quinta-feira, dia 5 de abril, com apresentações teatrais vespertinas voltadas para escolas municipais. O Teatro Infantil Carlos Maia (Carlito Maia), localizado no Bosque dos Jequitibás, teve apresentações às 8h, 9h, 14h, 15h e 16h da peça “O Coelhinho Adormecido”, do grupo Galhofas & Gramas, para crianças do ensino municipal.

 

Na sexta-feira, dia 6, nas comemorações da Semana Santa haverá encenação, a partir das 20h, da Paixão de Cristo, no bairro Parque Universitário, marcando os 10 anos de evangelização da Paróquia Santa Inês. A apresentação será no campo do Corintinha, localizado na Rua Mônica Silveira Pizani, 194.

 

A Prefeitura disponibilizou apoio na divulgação da encenação que marca a Semana Santa em Campinas e em parte da infraestrutura necessária para realização do evento, como interdição de ruas e orientações por parte da EMDEC, copos de água fornecidos pela Sanasa e apoio nas secretarias de Cultura e Segurança.

 

A Companhia Santa Inês de Teatro Amador, que realizará o espetáculo, pede a quem comparecer à apresentação, que será gratuita, levar um quilo de alimento não perecível, que será doado à Paróquia local para distribuição à população da região sudoeste de Campinas.

 

Boi Falô

 

Outra festa que também envolve cultura e religião é a tradicional Festa do Boi Falô, no distrito de Barão Geraldo. A 17ª edição do evento acontece nesta sexta-feira, das 9h às 14h, na Escola Estadual de Barão Geraldo de Rezende, situada na Rua Jerônimo Pátaro, s/nº, no centro do distrito. A maior atração da festa e muita aguardada pelo público todos os anos é a tradicional macarronada com sardinha, servida gratuitamente por volta das 12h.

 

Paixão de Cristo

 

Já o sábado, 7 de abril, será de diversos eventos. A mesma peça “A Paixão de Cristo”, mas com releitura e montagem feitas pela Companhia de Teatro Cenarte, será apresentada no Espaço Cultural Maria Monteiro, localizado na Vila Padre Anchieta, distrito de Nova Aparecida.

O início da apresentação está marcado para às 17h30, com reapresentação no domingo, às 19h30. Os ingressos custam R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 para estudantes, aposentados e professores das redes estadual e municipal de ensino.

 

Lavagem da Escadaria

 

Com 27 anos de história, a Lavagem da Escadaria da Catedral Metropolitana de Campinas é mais um evento cultural que poderá ser acompanhado neste sábado na cidade. A programação começa às 9h, com concentração dos participantes na Estação Cultura, em frente à praça Floriano Peixoto, no Centro.

 

Depois os integrantes seguem em procissão pela Rua 13 de Maio até a Catedral para realizar a celebração. São esperadas cerca de 700 pessoas, entre integrantes de religiões afro-brasileiras, grupos culturais e público em geral.

 

O evento tem o apoio de diversos órgãos da Administração Municipal, como as secretarias municipais de Cultura, Infraestrutura, Serviços Públicos e Cidadania, Assistência e Inclusão Social, e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas, além da Guarda Municipal, SAMU e SETEC.

 

MIS

 

O Museu da Imagem e do Som (MIS) também está com programação especial neste fim de semana, que será quase todo voltado para curtas-metragens brasileiros. A sexta-feira será dedicada ao premiado diretor brasileiro Dimitri Kozma, com exibição de oito curtas seus começando às 19h. No sábado, a mostra de Curtas continua com o Ciclo Brasil nas Telas, de curadoria de Robson Clério, a partir das 16h.

 

Ainda no fim de semana, tem sequência a mostra Cinema e Literatura, com o filme “A Letra Escarlate”, de 1973, sob direção de Wim Wenders. Adaptação do romance homônimo de Nathaniel Hawthorne será exibida no sábado, às 19hs. O Museu da Imagem e do Som de Campinas (MIS) está localizado à rua Regente Feijó, 859, Centro. A entrada é franca e haverá debates sobre as exibições ao final de cada uma.