Fim de semana marcado por duas tentativas de homicídio e sequestro relâmpago

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 20 de junho de 2011 as 14:18, por: cdb

Victor Machado
*Colaboração

O fim de semana foi marcado por duas tentativas de homicídio e um sequestro relâmpago. Na noite de sábado, 18 de junho, um homem de 27 anos deu entrada no Hospital de Pronto socorro (HPS) depois de levar um tiro. Ele afirmou que foi convidado por outro homem a participar de um homicídio de uma terceira pessoa. O homem teria mostrado a arma que seria usada no crime e um disparo acidental acabou ocorrendo. O outro envolvido na ocorrência não foi localizado. O homem atingido pelo tiro foi medicado e liberado.

Na rua Célio Braga de Araújo, no bairro Santa Cruz, um homem de 22 anos foi atingido por um tiro na cabeça, na noite deste domingo, 19 de junho. Outras duas vítimas afirmaram para a Polícia Militar que os tiros teriam sido disparados por duas pessoas desconhecidas que passaram em uma moto. O homem que levou um tiro foi levado para o HPS, onde ficou internado. As vítimas envolvidas informaram que tem um inimigo no Bairro Vila Esperança e no bairro São Judas Tadeu. A PM realizou rastreamento e não localizou nenhum suspeito.

Duas pessoas são encontradas mortas em Juiz de Fora em menos de 24hJovem de 19 anos é detida após lançar recém-nascido de basculante da UPA São PedroCento e cinquenta e seis caça-níqueis são apreendidos em Juiz de ForaSequestro

Um homem de 33 anos foi amarrado sem roupa na avenida Juscelino Kubitschek. De acordo com a vítima, ele teria parado para dar carona a um homem, por achar que já o conhecia, próxima a sua casa, no bairro Náutico. No entanto, o suspeito sacou uma arma e ficou circulando por cerca de uma hora com a vítima, até que, tirou toda a roupa dela, a amarrou e fugiu com o carro dela.

A mãe da vítima já havia informado à polícia o sumiço do filho, depois de uma ligação dele dizendo que teria sido sequestrado e os bens roubados.

*Victor Machado é estudante do 7º período de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá