Filipinas retiram 100.000 de casa com aproximação de tufão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de setembro de 2011 as 06:07, por: cdb

Filipinas retiram 100.000 de casa com aproximação de tufãoLegenda:Filipinas retiram 100.000 de casa com aproximação de tufão (reuters_tickers)

MANILA (Reuters) – As Filipinas ordenaram a retirada de mais de 100 mil pessoas em regiões que podem ser atingidas por enchentes e deslizamentos de terras na principal ilha de Luzon devido à aproximação do tufão Nesat, que ganhava força e velocidade antes da sua chegada em terra esperada para o início de terça-feira.

Seis pescadores estavam desaparecidos nesta segunda-feira, segundo o Conselho Nacional de Gerenciamento e Redução de Riscos de Desastres, que acrescentou que cerca de 50 mil pessoas estavam agora em abrigos temporários na província central Albay.

O tufão deve atingir as províncias de Aurora e Isabela, no norte do país e produtoras de arroz e milho, na terça-feira, cruzando regiões montanhosas antes de sair pelas províncias de Ilocos, no noroeste, previu o meteorologista Robert Sawi.

Com ventos sustentados de 130 quilômetros por hora, e rajadas que atingiam até 160 quilômetros por hora, o Nesat estava a 260 quilômetros a leste do sudeste da cidade de Casiguran, na província de Aurora, movendo-se no sentido oeste-noroeste a 19 quilômetros por hora.

Voos para a região central foram suspensos, enquanto as escolas na capital Manila fecharam no período da tarde, em resposta às chuvas pesadas e fortes ventos trazidos pelo tufão, que deve se intensificar para categoria 3, com ventos de cerca de 200 quilômetros por hora.

(Reportagem de Manny Mogato)

Reuters