Filhote de jacaré sai de bueiro em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 9 de janeiro de 2002 as 01:05, por: cdb

Moradores da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, tiveram uma surpresa na tarde desta terça-feira: depois de uma chuva forte, viram um filhote de jacaré, de cerca de 70 centímetros de comprimento, cruzando a movimentada Avenida Monte Magno, após sair de um bueiro quebrado. “Perto daqui não tem mato nem rio e não dá para saber de onde ele saiu. Ficamos admirados”, contou a dona de casa Míriam Migalis Correia Araújo, a primeira a ver o animal.

Recolhido para não ser atropelado, o jacaré – “batizado” de Luxemburgo, em homenagem ao palmeirense Tésio, namorado de Janaína, sobrinha de Míriam – foi levado para a casa da moradora. Tésio capturou o animal com uma corda. Depois de lavado, Luxemburgo passou a noite em uma caixa d´água. “Demos carne moída, mas ele não quis comer. Não sabíamos do que os jacarés gostam”, disse Míriam.

Segundo a moradora, o jacaré tinha ferimentos na cabeça e aparentava estar assustado. “Imagino que ele tenha chegado aqui nadando pelos bueiros. Como houve enchentes, ele deve ter vindo de algum córrego”.

Antes de ser chamado de Luxemburgo, o jacaré quase ganhou o nome de Marcelinho, em alusão ao jogador. A Polícia Ambiental apreendeu nesta terça-feira o jacaré e o levou para o núcleo Pedra Grande do Parque Estadual da Cantareira, na zona norte. Depois de ser examinado, Luxemburgo será solto nos lagos da reserva.