Filho drogado mata mãe em São Paulo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de janeiro de 2005 as 10:25, por: cdb

Está preso desde as 16h30 desta quarta-feira no 62º Distrito Policial, do Jardim Popular, na zona Leste da capital paulista, Luiz Polidoro, de 48 anos, acusado de matar a própria mãe, Maria Mauroni Polidoro, de 88 anos.

Segundo relato feito pelos netos de Maria, o assassino é usuário de drogas e teve uma discussão durante a tarde com a idosa. Num ato de fúria e total descontrole emocional, o homem pegou a mãe nos braços, foi até o muro do quintal e a jogou na casa vizinha, onde havia dois cães da raça pitbull.

Os cães atacaram Maria, que, com inúmeros ferimentos, foi levada ao Pronto-socorro do Hospital Alípio Correia Neto, onde morreu. O crime ocorreu na rua Tomáz de Souza, na Vila Real, em Ermelino Matarazzo.

Policiais militares foram acionados e detiveram o assassino na própria casa. Luiz alegou ao delegado Eurico Decara Date que a mãe teria corrido dele e pulado o muro. Como os netos da vítima negaram a versão pouco provável do acusado, o delegado indiciou Luiz por homicídio qualificado.