Filho de José Rainha vai a prisão visitar a mãe

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 14 de setembro de 2003 as 23:19, por: cdb

O filho de José Rainha Jr. e Diolinda Alves de Souza, João Paulo, de dez anos, fez neste domingo a primeira visita a mãe, presa há quatro dias na cadeia pública de Piquerobi, em São Paulo.

O menino defendeu que os pais continuem sua atuação dentro do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra), mesmo com as prisões. “Eles têm que continuar sempre, não podem parar. Defender os pobres é muito importante. Os ricos não defendem o nosso povo”, afirmou João Paulo.

Rainha e Diolinda, principais lideranças sem-terra Pontal do Paranapanema, se dizem perseguidos pela Justiça da região. Rainha está preso desde o dia 11 de julho, acumulando pena de cinco anos e quatro meses por furto e formação de quadrilha durante invasão de uma fazenda e porte ilegal de arma. Já Diolinda, condenada a dois anos e oito meses por formação de quadrilha, foi presa na quarta-feira, em casa.

– Estou triste por meus pais estarem presos, mas tenho que ficar alegre já que tem muita coisa pela frente. Se Deus quiser eles vão sair logo – afirmou João Paulo, após os 15 minutos de contato que teve com a mãe. Ao deixar a cadeia, João Paulo disse que sua mãe estava alegre e fez amizades com as colegas de cela.