Filho de integrante do PCC é preso como suspeito de ataque contra polícia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de novembro de 2003 as 02:17, por: cdb

Um dos suspeitos presos na última quinta-feira na região do Parque do Carmo por causa do ataque contra a polícia de São Paulo é filho de um integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital). Apenas na quinta-feira, oito suspeitos foram presos na cidade, totalizando 21 detidos durante a investigação do caso.

Willian José da Silva, 20, é filho de José Ferreira da Silva, integrante do PCC preso na penitenciária Adriano Marrey, em Guarulhos (Grande São Paulo).

O PCC é o principal suspeito de organizar os cerca de 30 ataques contra delegacias de polícias, que nas últimas quatro madrugadas matou três policiais e feriu outros onze.
 
A onda de ataques ordenada por líderes do PCC contra alvos policiais em São Paulo já matou três policiais e feriu outros 11, em 28 ataques contabilizados pela Secretaria de Segurança Pública. Em resposta, a polícia reforçou o policiamento no estado com 2 mil homens e já prendeu 6 suspeitos e identificou outros 6, ainda foragidos.