Filha diz ter matado os pais por amor ao namorado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 9 de novembro de 2002 as 00:00, por: cdb

A estudante de direito Suzane von Richthofen, 19, disse em depoimento à polícia que assassinou os pais por causa do relacionamento amoroso com Daniel Cravinhos de Paula e Silva, 21. O namoro não era aceito pelos pais.

“Eles disseram que tiveram a idéia de matar os pais em razão do tratamento que o casal dava ao rapaz. Suzane disse que o único meio de continuarem com o relacionamento seria a morte do casal”, afirmou o diretor do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), delegado Domingos Paulo Neto.

Segundo a polícia, o casal Marísia e Manfred von Richthofen não aprovavam o relacionamento de Suzane e Daniel. O rapaz não trabalhava e apenas vendia aeromodelos. Daniel também consumia drogas.

A estudante disse, durante depoimento no DHPP, nesta madrugada, que praticou o crime “por amor”. “Ela alegou arrependimento e, em um primeiro momento, disse que praticou o crime por amor”, afirmou o delegado.

Suzane, o namorado e Cristian Cravinhos de Paula e Silva, 26, irmão de Daniel, tiveram a prisão temporária decretada por 10 dias.

O casal foi assassinado na cama, a golpes de barras de ferro, na madrugada do último dia 31, na mansão do casal, no Brooklin, zona sul de São Paulo. Suzane não entrou no quarto do casal no momento do crime.