Fiesp acredita que batalha sobre Cofins não está perdida

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 1 de dezembro de 2003 as 14:47, por: cdb

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) não considera perdida a batalha com o governo federal sobre o reajuste da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) de 3% para 7,6%, a partir de fevereiro de 2004, previsto em Medida Provisória que deverá ser votada pelo Congresso nesta semana. – O Ministério da Fazenda quer nos mostrar que não haverá risco de aumento de arrecadação e as nossas contas dizem que sim. É um debate técnico, mas vamos lutar até nossa última gota de sangue – disse o presidente da entidade, Horácio Lafer Piva. Segundo ele, a mudança do tributo tira a competitividade dos produtos brasileiros.